"Transforme a prática em ambiente de reflexão!"

Conceito relacional

O Método ApreciATO surge em 2005 como resultado da pesquisa exploratória por novas abordagens e intervenções mais apreciativas para enriquecer os processos de aprendizagem e desenvolvimento organizacional, além da mediação para resolução de conflitos, evoluindo a partir de metamodelos interativos, transformando os participantes em protagonistas das mudanças.

Estes mais de dez anos de atuação foram dedicados ao exercício de observação, pesquisa e experimentações interventivas, trabalhando de maneira colaborativa com diversos profissionais e organizações, sempre buscando por respostas e alternativas mais criativas, a fim de promover o pleno desenvolvimento de pessoas e organizações humanas. Por fim, esta se tornou nossa marca, que oferecemos e entregamos à sociedade em nossa Proposta de Valor.

Desde a primeira intervenção, em outubro de 2005 no BAWB – Business as an Agent of World Benefit, foram diversas evoluções, com saltos no desenvolvimento metodológico e alinhamento com novos conceitos e ferramentas inovadoras, investindo em abordagens mais interativas, mas sem perder a essência dos princípios que se consolidaram na forma dos Metamodelo dos 3Cs.

As atividades prático-reflexivas são aplicadas durante todo o processo cíclico dos 3Cs, tendo sido criadas a partir da pesquisa e desenvolvimento do Método ApreciATO, diferenciando-se das tradicionais dinâmicas de grupo.

Propomos uma abordagem diferente do “Ciclo de Aprendizagem Vivencial”, realizando intervenções apreciativas durante a vivência dos participantes, a fim de explorar e extrair o máximo de aprendizagem de toda a experiência, não apenas na etapa de processamento que ocorre na sua conclusão. São criadas diversas etapas, explorando reflexões durante toda a atividade, materializando o conceito da prática como ambiente de reflexão.

Cada experiência de aprendizagem é projetada de maneira personalizada, seguindo o Processo de Criatividade Relacional - PCR, levando em conta os seguintes elementos:

Todo o Método ApreciATO é livremente inspirado em diversos modelos conceituais e práticos, como a Investigação Apreciativa de David Cooperrider, a Aprendizagem Significativa de David Ausubel, a Educação Experiencial de John Dewey, as Seis Disciplinas de Calhoun Wick, nos princípios do Design Thinking e do Design de Interação.

Também conta com tantas outras contribuições fantásticas como as de Peter Senge, Marcus Buckingham, Donald O. Clifton, Richard Reeves, Antônio Carlos Valença e Yvonne Rogers, todos citados aqui como referencial para outras descobertas daqueles que se interessam por uma experiência exploratória pessoal.